• A+
  • A-
Marca do Programa USP e as Profissões Marca da Pró-Reitoria de Cultura e Extensão Universitária
Fechar

Engenharia de Petróleo – São Paulo

Exatas

Acesso aos Canais

Programação

  • Dia 02 às 15:00

    Atividade: Palestra Título: A Engenharia de Petróleo na Escola Politécnica
    Participantes: Prof. Dr. Eduardo Sansone -
  • Dia 03 às 15:00

    Atividade: Palestra Título: A Engenharia de Petróleo na Escola Politécnica
    Participantes: Prof. Dr. Eduardo Sansone -

Descrição do Curso

O curso de Engenharia de Petróleo da Escola Politécnica foi criado visando atender a crescente demanda de profissionais para atender este importante segmento da economia brasileira. O engenheiro de petróleo formado pela Escola Politécnica estuda e analisa dados da Geologia e da Engenharia para delimitar reservas petrolíferas, prever a recuperação de óleo e gás e planejar a produção.

É um profissional capacitado a avaliar técnica e economicamente a viabilidade da extração de petróleo, supervisionando e otimizando as operações de perfuração e produção em campos petrolíferos que podem ser encontrados em diferentes regiões, em locais próximos às praias ou em águas profundas (cerca de 85% da produção brasileira). Cuida ainda da logística do transporte e da estocagem.

Estuda métodos visando aumentar a recuperação dos poços petrolíferos, pois boa parte do petróleo dos poços do mundo todo, ainda não é extraído com a atual tecnologia existente, o que obriga a constante pesquisa para aumentar o aproveitamento.

Infraestrutura

O campus da USP em Santos, que desde 2012 abriga as atividades de ensino e pesquisa da Escola Politécnica da USP, terá a partir de 2021 cada vez mais espaço para as atividades de ciência e tecnologia relacionadas à indústria de óleo e gás. Isso porque as atividades dos primeiros quatro anos do curso de graduação em Engenharia de Petróleo passarão a ser oferecidas no campus da USP em São Paulo, já a partir de 2021. Sendo assim, o espaço disponível no prédio histórico do Cesário Bastos será dedicado aos laboratórios de pesquisa e o curso de pós-graduação que permanecerão no campus de Santos, bem como as disciplinas do quinto ano do curso de graduação no módulo de Exploração e Produção de Petróleo.

Inserção Profissional

O campo de trabalho do engenheiro de petróleo envolve empresas nacionais ou multinacionais, públicas ou particulares. Assim, ele pode atuar em empresas de exploração e produção de petróleo, na busca, extração e toda a logística de transporte e armazenagem do petróleo, nas empresas de engenharia na área de projetos, consultoria, institutos de pesquisa, órgãos do governo de normalização e fiscalização, legislação e também no ensino e pesquisa.

Onde estudar?

  • POLI - Escola Politécnica
    integral 32 vagas bacharelado
    - Ampla Concorrência: 16 vagas
    - Escola Pública: 10 vagas
    - PPI: 6 vagas
    Duração: 10 semestres