• A+
  • A-
Marca do Programa USP e as Profissões Marca da Pró-Reitoria de Cultura e Extensão Universitária
Fechar

Engenharia Civil – São Paulo

Exatas

Acesso aos Canais

Programação

  • Dia 02 às 11:25

    Atividade: Palestra Título: A Engenharia Civil na Escola Politécnica
    Participantes: Prof. Dr. Antonio Domingues de Figueiredo -
  • Dia 03 às 11:25

    Atividade: Palestra Título: A Engenharia Civil na Escola Politécnica
    Participantes: Prof. Dr. Antonio Domingues de Figueiredo -

Descrição do Curso

O curso de Engenharia Civil da Escola Politécnica existe desde 1983, ano de criação da Escola, e tem a proposta de preparar o profissional para projetar, gerenciar, construir ou mesmo, reforma, estruturas como prédios, conjuntos habitacionais, pontes, barragens, aeroportos, rodovias, túneis e portos.  O curso concentra sólidos conhecimentos de Cálculo, Matemática, Álgebra Linear, Física e Computação, e tomam contato com as Ciências da Engenharia tais como Mecânica dos Fluidos, Mecânica das Estruturas e Química Aplicada. Os conteúdos profissionais específicos englobam as técnicas de construção e gestão da construção civil, materiais de construção, engenharia geotécnica, teoria das estruturas, sistemas estruturais, sistemas hidráulicos, recursos hídricos, saneamento, geomática, infraestrutura e planejamento de transportes. O curso prevê estágios supervisionados e os alunos podem realizar parte dos estudos no exterior, em programas de duplo-diploma ou intercâmbio para aproveitamento de créditos em universidades conveniadas de grande prestígio.

Criado em 2004, o programa de Dupla Formação Poli/FAU proporciona uma formação ampliada aos alunos da Escola Politécnica e da Faculdade de Arquitetura e Urbanismo da USP, possibilitando que estudantes de Engenharia Civil da Poli façam disciplinas na FAU, e vice-versa.

Quem opta pelo programa conclui sua formação em sete anos: cinco na sua faculdade de origem e mais dois na de destino. A vantagem da dupla formação em Engenharia e Arquitetura é que os alunos aumentam seus conhecimentos e sua rede de relações, que são importantes no exercício da profissão e no desenvolvimento da carreira.

Nos dois anos em que estudam na Poli, os alunos da FAU cursam disciplinas que tratam de questões tecnológicas, dos materiais, dos processos construtivos, das estruturas e das ferramentas de trabalho, particularmente da informática, além das questões de transporte e seu planejamento, gestão de projetos, de empreendimentos e de canteiros de obra. Os alunos da Poli, por sua vez, adquirem na FAU a visão mais abrangente da Arquitetura e Urbanismo, que incorpora as questões do projeto, da estética e das humanidades, como a história da arte, e também de aspectos técnicos, como os ligados ao conforto ambiental. Os alunos que participam do programa de dupla formação recebem o diploma de sua unidade de origem e um certificado de participação emitido pela faculdade de destino.

Infraestrutura

A infraestrutura de ensino compreende salas para aulas com computadores e recursos multimídia, biblioteca, anfiteatros, salas de estudos, centro de convivência e cerca de 20 laboratórios modernos e bem equipados, dentre os quais o de Materiais e Componentes, o de Sistemas Prediais, Mecânica Computacional, Mecânica dos Solos, Saneamento, Hidráulica e Recursos Hídricos, Tecnologia de Pavimentação e Geoprocessamento.

Inserção Profissional

Os futuros engenheiros civis podem atuar na área de planejamento, concepção e projeto de empreendimentos diversos, na implantação e também na operação e gestão destes empreendimentos, assim como em pesquisa e ensino tecnológico.

Onde estudar?

  • POLI - Escola Politécnica
    integral 122 vagas bacharelado
    - Ampla Concorrência: 60 vagas
    - Escola Pública: 38 vagas
    - PPI: 24 vagas
    Duração: 10 semestres